09/03/2009

Correr ou não gripado

Matéria publicada na revista Contra Relógio de fevereiro fala sobre os benefícios/malefícios de se continuar correndo quando se está gripado. Testei essa teoria na Abertura do Circuito Corpore e posso dizer que o prazer de correr foi bem maior que qualquer incômodo que possa ter tido, tirando que fiquei sem voz durante três dias, já estou ótima...



Se por um lado esta é uma situação que perturba os atletas, por outro continua sendo uma questão que ainda tira o sono de muito fisiologista do exercício.


Não são poucos os que , a despeito da gripe, decidem continuar treinando. Corredor, nadador e médico pesquisador do exercício da Clínica Mayo, nos EUA, Michael Joyner joga nesse time: só para em último caso.


“ A menos que esteja realmente muito mal, continuo treinando. Faço treinos menos intensos, porém não deixo de treinar. Se tenho febre ou dor muscular, ai sim, treino bem pouco ou descanso um ou dois dias, no máximo. Tenho que estar numa situação realmente péssima para ir além disso”, diz Dr. Joyner.


Mesmo que nada saibam a respeito deles, as estratégias de esportistas como o Dr. Joyner está atualmente embasada por dois estudos científicos pouco conhecidos, publicados há uma década no jornal Medicina & Ciência nos esportes e no Execício. Os resultados foram tão favoráveis aos exercícios que até mesmo os próprios pesquisadores se surpreenderam.
O estudos começaram quando Thomas Weidner, então treinador na Ball State University, preocupou-se com o que deveria dizer aos atletas quando estivessem gripados. As duas perguntas básicas a serem respondidas eram: 1) o resfriado afeta a habilidade de exercitar-se? e 2) exercitar-se resfriado interfere nos sintomas ou na recuperação?


Para respondê-las foram recrutados homens e mulheres com idades e condicionamento físico variado. Deliberadamente infectados pelo rinovirus e com os sintomas na pior fase, o grupo foi levado a se exercitar em esteiras ergométricas, correndo em intensidades variáveis e de forma monitorada.


Embora os atletas tenhas reportado certa fadiga, além da função pulmonar não ter sido afetada, o desempenho geral do grupo durante o exercício também não o foi. O resfriado não interferiu nas respostas metabólicas do grupo.


Em relação ao comportamento dos sintomas e se havia ou não prejuízo dos sintomas no tempo de recuperação, foram divididos em dois grupos e enquanto um grupo descansou, outro teve que correr regularmente na esteira. Ao final do teste, não foram registradas diferenças entre os dois grupos e o tempo de recuperação de ambos foi o mesmo.


Portanto, desde que a gripe seja daquelas cujo sintomas não passam de nariz escorrendo, sendo mais cautelosos em relação àquelas que provocam febre e congestão no peito, não há problema em se exercitar gripado. Como é importante que se mantenha o hábito, diminuir a intensidade dos treinos é melhor do que parar. Por menor que seja a interrupção, uma parada pode colocar em risco todo um programa de treinamento.
fonte: revista Contra Relógio - fev/09
Por isso pessoal, em caso de gripe ou resfriado, um pacote de lenços descartáveis e... let´s run!

13 comentários:

  1. Olá Amiga ... de fato correr resfriado é uma coisa e gripado é outra ... eu corri certa vez a Corrida de Campinas da Corpore .. gripado e quase tive um treco ... fora as dores musculares a indisposição era toral ... treminei muito maus e fiquei dias sem voz ... mas com certeza treinos leves indoor até ajudam a a afastar a zica ...

    Abraços e o Sol Continua ... ai ai ai

    ResponderExcluir
  2. Olá!!!
    Tb sou desta opinião...só podemos ficar sem treinar qdo estamos realmente sem condições...uma gripe até q dá para levar!
    Lets Run!

    ResponderExcluir
  3. olá amiga Ana.
    Passei para agradecer as palavras simpáticas que tem deixado sobre mim, acho um exagero, mas aceito.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Ana, tudo bem ? Obrigado pela visita e mensagem deixada no meu Arquivo de Corridas.

    Correr gripado é complicado. Tenho boa imunidade e raramente pego uma "marvada", mas se acontece, evito treinar (ou pego bem leve) enquanto ela não vai embora.

    Boa semana e bons treinos pra você !

    Fábio Namiuti
    http://fabionamiuti.hd1.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Amiga Ana boa noite eu também li essa matéria na revista contra relógio, mais os especialistas nesse assunto estão divididos, por exemplos um dizem que sim e outros dizem que não, alguns anos atrás quando estava gripado eu corri e os pulmóes ficavam todos limpos após a corrida. Depois ouvi uma palestra de um médico dizendo que é perigoso correr assim pois o nosso sistema imunológico está enfraquecido e vc pode adquirir bactérias, e falando em bactérias, não sei se vc ficou sabendo ano passado na França rolou uma ultra maratona e uma chinesa estava participando e ela teve uma bolha no pé e continuou, só que essa bolha infeccionou com uma bactéria e essa bactéria foi terrível, ela teve que amputar a perna, para vc ver amiga como são as coisas.

    Um abraço e bons treinos.

    JORGE CERQUEIRA
    www.jmaratona.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Querida amiga Ana, bom dia grato pela msg no meu blog. Olha eu acho que vc se equivocou eu não divulguei o email da Sandra no meu blog eu divulguei sim o nome do BLOG dela e o email mais abaixo que eu divulguei foi do amigo corredor Berg que foi quem me apresentou a Sandra.
    Quanto a sua pergunta do Gel com arnica eu postei sim no meu blog, veja o link abaixo, o nome do gel massageador é GEL KIT:

    http://jmaratona.blogspot.com/2008/02/meus-aliados-na-corrida-parte-1.html

    Já ouvi dizer que no mercado existem outras marcas também, outra coisa vc diz. Eu faço o seguinte quando chego de um treino longo eu tomo uma ducha faço uma massagem com o gel de arnica e fico com as pernas para cima no mínimo uns 20 minutos e isso ajuda muito, espero também que te ajude também.

    Bom final de semana e bons treinos.

    Bjsss

    JC

    ResponderExcluir
  7. Eu ando sentindo calafrios ha uma semana. E meus treinos nao rendem...me canso facil....recuperação lenta. Minha suspeita é alguma virose. Ou ate mesmo um canal de dente (meu dentista esta em congresso), treino assim mesmo. Mas esta muito ruim. Espero descobrir logo o que é. Correr quando nao se esta 100% é ruim, pra mim!

    Abs!

    ResponderExcluir
  8. eu sempre fico na dúvida, com medo de começar a treinar e a gripe piorar e daí eu ter que ficar mais tempo ainda parado.

    bacana o blog! parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana, já cheguei de São Paulo sim.
    Não postei nada a respeito da meia de ainda devido há uns probleminhas que cito abaixo:

    Cheguei em Ubiratã na terça-feira pela manhã (7h30) e às 8h00 já fui trabalhar, na quarta-feira eu não estava muito bem, peguei uma tremenda gripe devido ao ar condicionado do ônibus na volta pra casa, até parece que vc postou esta matéria sabendo que eu estaria assim. rsrsrs
    E na quinta-feira choveu por aqui e queimou o moden do meu computador e fiquei sem net.
    Mas ele acabou de "ganhar" um moden novinho em folha (140 reais), é o segundo já este ano.
    Tomara que não chova mais por aqui senão tô ferrado.rsrsrs

    Vou postar um relato sobre a meia amanhã lá no meu blog, ok?
    E só pra adiantar um pouquinho, fiz com 1h19min58seg;

    Bjinhus e bom final de semana pra vc.

    ...tutta...
    ubiratã-pr.
    www.correndocorridas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Adorei a frase q vc pos em destaque do Lance Armstrong. Esse cara tem uma das histórias de perseverança mais intensas q conheço. Guiado pelo amor à vida com o esporte como uma das principais ferramentas. Eu voltei a correr, depois de uma carreira esportiva até meus 29 anos. Fazia outro esporte competitivo e contava medalhinhas. Hj redescobri o verdadeiro amor por mim mesmo com a prática da corrida de rua. Sou um 'novato' ainda, não me comparo ao atleta de 20 e poucos q fui, pq já sou um quarentinha, mas readequei minha vida ao esporte. Hj eu vejo o tempo perdido naquela fase de estagnação.
    Posso voltar aqui mais vezes pra trocarmos experiências de vida e de asfalto? Já virei 'amigo do seu blog'.
    Ahh, escrevo quase nada de futebol (apesar de trabalhar em TV) e criei meus próprios espaços para o esporte olimpico, minha verdadeira paixão profissional. Conhece depois as minhas crias queridas... rsss...
    Gde abraço e ainda nos encontramos pelos 'asfaltos' da vida...
    Bj e luz nos teus caminhos

    Everton Domingues
    www.vancouverolimpica.blogspot.com,
    www.beijingolimpica.blogspot.com e
    www.londresolmpica.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Hhaha, eu corri meio gripada a meia-maratona da semana passada! A gente fica realmente um pouco cansada... ainda mais naquele calor que estava... mas, foi melhorando no decorrer da semana. Não deixei os treinos, mas peguei leve! Bons treinos!

    ResponderExcluir
  12. Que mulher gostosa essa da foto depois do título.

    ResponderExcluir
  13. Bem, eu estou gripada e com tosse. Amanhã tem a meia maratona de Curitiba, vamos ver qual o meu rendimento. Durante 2 semanas somente treinos leves, porém a gripe/tosse me adotaram então vão correr comigo ... rs.

    ResponderExcluir